music

sexta-feira, 10 de março de 2017

―Incompletude―




Não vá me dizer que não sente falta? Ou que não faz falta!
Incompletude, é uma das muitas formas da saudade,
uma saudade revestida de culpas. Porque tudo era tão perfeito,
(menos) a nossa capacidade de reconhecer e valorizar o que tínhamos.

Não há como negar um direito conquistado por dedicação,
porque quando chega a hora exata, nos recordarmos...
É inútil e vã, todo e qualquer esforço que fizermos
para tentar esquecer, às pessoas que nos amavam de verdade.

Um bom amigo, deixa marcas fortes em nossas vidas
e um amor atenciosamente oferecido, e dedicado, tem o poder
de se fundir com às nossas almas.

Gestos sinceros e verdadeiros, não se apagam sozinho
mas, podem ser apagados. Até mesmo os ardores mais intensos
se cansam. Somos anfitriões dessa morada; Convivência.
É normal que exista ausência de hospedes em nossas casas,
independente das portas estarem abertas ou fechadas.

"Não é o que temos que faz o nosso valor, mas sim o que somos."

E de repente eu descobri, um amor de verdade
que me amava do meu jeito, e sem se importar com as demais coisas.
Porque olhando bem à minha volta, descubro que não tenho nada
e o que tenho não tem o mesmo valor que tinha antes...

Quando você fazia parte da minha vida!  





L.L.S
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados