music

quarta-feira, 22 de março de 2017

(Conto) Romantismo sussurrado...

1

10;30 noite de sábado
                                                             (A primeira noite juntos)

Logo chegaria o decline da noite, e a lua se distanciaria na madrugada,
Aproveitando cada minuto eles se mantinham calmos,
o amanhecer era algo que eles retardariam por alento de suas almas...

"E, é da primeira noite de amor que surgem os sonhos
que haverão de se realizar em todas as outras"... 

 ⸻ Enfim sós! (Ambos sentiam-se)

 "Sentimentos de um abraço há muito tempo desejado"

O primeiro toque de amor se encontra no olhar, 
logo após ele move os lábios 
Se torna seguro e confiante, na arte de se declarar.
 
E a primeira reação de amor é 
requerer o juízo/ou perder a razão
Acalentando sãs e loucos, 
totalmente inovador, profundo e abstrato 
o amor desafia até mesmo os maiores sábios.

O coração as vezes pensa por si só (e, é inútil tentar retê-lo)   
D'onde vem tão doce e meigo sorriso, 
que assume a responsabilidade de um sim?
Apenas o coração para sabê-lo!
   

2
  

11;00
(Uma declaração rompe o silêncio)

⸻ Quero quê saiba o quanto eu a amo!
(ele disse a ela)

Mas!?!
O amor só se confirma,
se existir prazer incontestável na presença um do outro.
E só depois, e em segundo plano ele desfruta os interesses do corpo.
Sedutor e envolvente, ele simplesmente fascina!


3

11;30
(Ecoam os gemidos e brotam os sussurros)

Ela se agasalha entre os seus braços
repousando a fronte suavemente, sobre o lado esquerdo de seu peito

⸻ Quero ouvir também o seu coração! ...se misturando ao som da sua voz.

Vendo-a assim, tão frágil, pequena, carente e se sentindo tão segura abraçada ao seu corpo,
ele se sentiu surpreendido e pela primeira vez se sentiu amado;

⸻ Deixe-me cuidar de ti, daqui pra frente?

Acariciando ele os seus cabelos, percorrendo-os até o fim
tocou-lhe os ombros, nus e desprotegidos.
Sentiu ela se contrair, se sentiu bem ao vê-la se fechando dentro dos seus braços
e notará que sua pele estava ouriçada.
E com um gesto tímido de querer ouvi-lo mais,
ela com sua mão serenamente ousada,
descobriu para el de entre os seus cabelos desmaiados de amor
um de seus ouvidos, quê claramente se entregava para ouvi-lo, e respondeu-lhe;

⸻ Tenho medo de estar sonhando, 
e pela manhã ao me despertar, mim descobrir sozinha! 
⸻ Se pudesse amor, eu juro 
que poderia viver eternamente essa noite ao seu lado...


[Uma metáfora]

(Ela estava oferecendo a ele um convite! Um convite para dois
e para um vida inteira juntos)

⸻ Também me sentia assim, 
quando pensava que jamais iria tê-la do meu lado. 
⸻ Mas tendo-a, hoje aqui em meus braços não tenho mais medo
ou dúvidas do que sinto por ti,
 "exceto o" de que me proíbas de prova-la, quanto a amo.

4


00;00 "virada da noite de sábado,
primeiros segundos da madrugada de domingo."

(Dos medos surge o motivo, para os mais intensos desejos)

Um silvo suave de brisas silenciava o
inicio daquela madrugada.

Como se foste esse o ultimo dia de suas vidas,
eles se entregavam intensamente um ao outro.

Corpos e Almas se fundem,
temendo a separação se entrelaçam
lágrimas que se recusam a despedirem-se um do outro
nos cantos ávidos de seus olhares brilhavam.

Beijos e suspiros ousavam noite adentro
dos sons de seus corpos em movimento
inspiraram ambos há um romance
que segue sussurrando através do tempo...
Logo amanheceu,
mas o fim, do qual tinham tanto medo
não aconteceu... 
 


L.L.S
(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados