music

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

"Versos de um poema"
 

Posso deixar de escrever essa noite! "Se não à encontrar"
Como imaginar-me? -Sem ti? -E Sozinho?
Responde-me; "Que beleza tens o Mar,
Sem lua e sem estrelas no céu?"
E que beleza tenho eu! Sem o teu carinho?!?

Sem teu olhar o mundo se esconde! E minha inspiração,
Não me responde! -Eu me recuso a compor durante a solidão,

...Até que possa vê-la se aproximar!  ...(Eu espero)
Para encontrar em teus olhos negros 
A beleza que falta ao mar.

Tudo existe mesmo sem ti! -Mas ...(não em mim)
Do que me serve a aurora? 
Ou o crepúsculo do entardecer?
O som dos sorrisos ou a voz dos que choram?
Quem me trará o arco-íris quando a chuva acabar?
"Para que eu possa hoje, poemas e versos escrever,
primeiro é preciso ti encontrar!"

E desenhar flores em teus cabelos.
É no teu corpo q'desvendo a vida,
como se o ar que respiro, fosse o teu cheiro.
(Por ti eu vivo)

"Musa que inspira os Aedos,
e que sugere ao artista as mais belas cores."
Se perder-ti dos meus olhos 
tenho medo! Que direi eu em poesias?

Apenas que te perdi! E q'não há (amor meu) nestes versos!!!
"Quem assina? Tal nostálgica poesia?"
Um poeta triste que vaga pelo universo sem rima  
Procurando por sua amada e encontra-la 
não conseguia. 





(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados