music

segunda-feira, 10 de outubro de 2016


Desejo intenso

Na languidez macia d'teu corpo
A bruma indecisa se entrega,
O lampejo insano alucina 
 Em teu calor, nasce o fogo
Tua intensidade sobrepuja as trevas
Centelhas brasas e cinzas

Na noite ímpia a carne se funde
Sussurra arrepios e segredos
Sempre abundante alude
Desliza nua pelos rochedos

Não tens medo adormecido?
Quando reluta a noite fria
Treme recôndita efervescida
Sedenta a voraz ousadia

Toca-me todo ouriço o corpo
A pele desafiada se levanta
Fugaz ardor um pelo outro
Não há sombras em oculta manta
Singela a tímida ousada fúria, e se desfaz

Cobres o vestígio sem fôlego
Do amante quem em ti suspira
Cada desejo teu q'suscita
Uma noite em teu regato sacia

A sede nunca farta
O olhar q'faminto
O teu corpo abraça


(Lourisvaldo Lopes da Silva)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados