music

domingo, 2 de outubro de 2016

Medos e ousadias

"Espírito Humano"


Minha essência intocada inexiste
A mão calejada do homem vil
Bonecos des'almados assombram tristes
O desespero escala o céu anil

Candeias viripotentes às buscas
Não se curva o mortal humano
A uma vida finda dissoluta
No corpo inerte -alma soberano

Cômica ironia fatal científica-nos
A evolução pensa sozinha meu caro!
Se não tocam-me com as mãos o pensar
Não despira de vestes o espírito nu
A saga "mente é corpo" D'um universo bizarro!

Criação de meus temores Divinos
Amiga imaginária fé! Esperança! Amor!
Não desminta-me sem antes provar seus desatinos
Espirito, Alma é corpo, são meus temores...

Fabrica de ideias eternas
A cinza consome a carne!
Mundo animal em suas guerras.
Em meu espírito um céu se abre! 




 
  (Lourisvaldo Lopes da Silva)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados