music

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Não o chamem de João-ninguém!!!









Desafortunados são milhares, como estrelas menores no denso universo...
Igual ao mundo imaginário do criador de versos!

Não se vê e nem se toca, mais valem o peso de um papel...
A presença  do nada revelando, que há, mais que estrelas além do céu!

Mais que valor se dá ao invisível?
O que se perde,sendo despercebido ou não,
ao homem ambicioso cabe tal decisão!

O homem sagaz, usa tabelas para avaliar  simetrias,
e escolhe para não ser escolhido, e se esforça para ser o preferido!

Mais houve alguns, que não surgiram, por brilharem muito pouco...
Assim aplaudem as poesias!
E os poetas?  "São os loucos"!


Este em específico, se chamava  João!
Sorte não conheceu!
 Aquela que se transforma em peso,na balança social!

A sua importância levou a nota "Sem..."
Julgaram-no desventurado e o destituíram da socialização,lhe caiu
como uma luva, o popular apelido"Ninguém"...


"Ninguém", não ficou menor e nem menos interessante,
pois quase nada mudou
do que era antes!
Correção" mudou sim !

Ele tinha agora um nome composto,ser diminuído nunca lhe causou desgosto!


Ele desprovido de quase tudo que interesses despertam...
Mais os seus passos são lentos e dificilmente se apressam!


Realmente o que esse moço tinha de valioso,
 não serviria para a sociedade ou para a literatura moderna...
Só poderia ser vista pelas linhas da poesia, linguagem eterna!


Sua maior posse se chama "Tempo",
sua sabedoria de tão singela, tornava tudo a sua volta por mais simples que fosse,
  em raros e inesquecíveis momentos!


João não ganhou o mundo!
Mais o mundo sim deveria ganha-lo!

Se não dás valor a nada melhor não encontra-lo...

Não conseguirias compreender ,
por que a paz e a alegria que tanto procuras,
foi encontrada por João...


Acredite seria capaz de trocar bens e riquezas,
para provar das coisas invisíveis,  

A ambição cega! Torna tudo limitado, divisíveis e impossíveis!


Por tais motivos João foi excluído de uma vida social,
 pelas divisões e impossibilidades,
mais o deixaram ser cidadão, ainda que pela metade!

Chamar qualquer "João de ninguém" ,
já não nos e suficiente o interesse e a ambição?
Porque acrescentar desigualdade?


Me faça um favor meu Senhor(a)!

Não o chamem de João-ninguém !!!
































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados